Santo Inácio de Loyola, alma maior que o mundo

“Como Santo Inácio de Loyola, deixemo-nos conquistar pelo Senhor Jesus e, guiados por Ele, coloquemo-nos ao serviço do próximo.”

Resultado de imagem para Santo inácio de loyola

Esta é a mensagem do Papa Francisco no Twitter, no dia em que a Igreja recorda o Santo fundador da Companhia de Jesus.

Caçula de 11 irmãos, órfão de mãe aos 8 anos de idade e de pai aos 12, nascido em Azpeitia, província de Guipúzcoa, Santo Inácio de Loyola foi de família nobre que trazia consigo profunda adesão à fé católica.

Desde a adolescência mostrou-se com boa aptidão para a carreira militar. Exerceu cargos de confiança na corte de Castilha e ao duque de Nájera e vice-rei de Navarra, Antônio Henrique, tendo sido feito membro da sua guarda pessoal.

Ainda como guarda pessoal teve a oportunidade de lutar na defesa do território basco, os vizinhos Franceses. Na então batalha de Pampulha foi tido honradamente como herói, mas teve a perna machucada.

Entretanto, a partir desse episódio, Deus tirou o bem da sua conversão. Durante o tempo da recuperação no castelo de Loyola, Santo Inácio procurou livros de cavalaria, mas encontrou apenas dois livros: a “Vita Christi”, de Rodolfo da Saxônia, e a Vida dos Santos, segundo a Legenda Áurea.

Aos poucos, vai-se entusiasmando e sentindo-se atraído pelo exemplo dos santos. Revê sua vida passada, percebe a necessidade de fazer penitência e começa a encontrar sua liberdade espiritual. Mudança interior que é notada por todos de casa. Decide dedicar sua vida a Cristo e à conversão dos infiéis.

Já totalmente recuperado, vai a Monserrat, mosteiro beneditino nos arredores de Barcelona, onde faz sua confissão geral que dura três dias. Depois retira-se para uma gruta, em Manresa, também nos arredores de Barcelona. Ali completa sua transformação espiritual radical. Escreve o livrinho dos Exercícios Espirituais. Ao deixar Manresa, Inácio de Loyola levava nas mãos, sem o saber, o instrumento que lhe permitiria dotar o catolicismo com a mais eficaz das suas tropas: a Companhia de Jesus!

Santo Inácio deixou-se moldar pelos desígnios de Deus e recebeu do próprio Deus mais honra e vitórias aos seus do que poderia alcançar se tivesse prestado serviços a todos os exércitos da Terra, porque hoje está no exército do céu!

            Santo Inácio de Loyola, rogai por nós!

Fonte: Canção Nova e Aleteia

Deixe uma resposta