“Consagrar-se a Deus é tê-lo como Senhor e protetor!” – Dom Afonso Fioreze

Consagração das famílias ao Sagrado Coração de Jesus pelo Imaculado Coração de Maria

      O bispo emérito de Luziânia, Dom Afonso Fioreze, conduziu os fieis no momento de consagração das famílias ao Sagrado Coração de Jesus pelo Imaculado Coração de Maria e falou sobre a importância desse ato de fé.

    “Nós devemos nos lembrar que o projeto da família é de Deus. Quem não conhece a Deus pode até pensar que é um projeto humano, mas não é. No início do Cristianismo, os não cristãos queriam acabar com os cristãos, mas Gamaliel dá o conselho: “se esse projeto provém de homens, por si mesmo se destruirá; mas se provier de Deus, não podeis desfazê-lo. Vós vos arriscaríeis a entrar em luta contra o próprio Deus” (At 5, 38-39). E lutar contra Deus é ter o mesmo destino do jacaré nos filmes do Tarzan: ele não tem vez e nunca vence. Nada poderá vencer a família porque é o mesmo que lutar contra um projeto de Deus.

    Quando nos consagramos a Deus, queremos nos dedicar a Ele; dizer que queremos, junto com a nossa família, servir ao Senhor, como fez Josué. Consagrar-se a Deus é tê-lo como Senhor e protetor!

    Ao falar sobre Jesus e a Santíssima Virgem, São Bernardo afirma que nunca se ouviu dizer que alguém que se aproximou de Deus, com confiança, tivesse suas orações desprezadas. É o próprio Jesus quem diz: “pedi e vos será dado; buscai e achareis; batei e vos será aberta”(Lc11, 9-10). É preciso apenas pedir com fé e confiança porque quando pedimos coisas boas, Deus nos dará coisas melhores. Se você pede saúde, Ele lhe dá a vida. Se você pede a paz, Ele lhe dá o amor. Peçamos com confiança que o Senhor nos atenderá.

 

 

Deixe uma resposta