O Manto Sagrado de São José: eficaz nas causas impossíveis.

O que é o Sagrado Manto em honra de São José?

A reza do Sagrado Manto é uma particular homenagem dedicada a São José para honrar a sua pessoa e para merecer a sua proteção. Se aconselha de rezar estas orações por trinta dias consecutivos, em memória dos trinta anos de vida vividos por São José em companhia de Jesus Cristo, o Filho de Deus.

Resultado de imagem para são josé

São incontáveis as graças que se obtém de Deus, recorrendo a São José. Para propiciar mais facilmente o seu auxilio, porém, é bom acompanhar estas orações com a promessa de uma oferta para o culto do Santo. É bom confessar-se, participar da Santa Missa e receber diariamente a Santa Comunhão. Outro é recordar piamente as almas do purgatório rezando e sacrificando-se por elas, para aliviá-las e libertá-las de suas penas.

Com a mesma solicitude com o qual nós enxugamos as lágrimas dos pobres que precisam de ajuda, podemos esperar que São José enxugará as nossas lágrimas. Será assim que o manto de sua proteção se estenderá piedosamente sobre nós e nos será de válida defesa contra todos os perigos, para que possamos chegar todos com a graça do Senhor ao porto da eterna salvação.

PREMISSA

Aconselha-se rezar estas orações por trinta dias consecutivos, em memória dos trinta anos de vida vividos por São José em companhia de Jesus Cristo, o Filho de Deus. São incontáveis as graças que se obtém de Deus, recorrendo a São José. Santa Teresa de Ávila (1515-1582) disse: “quem quer acreditar, faça a prova, para que se persuada”. Para nos propiciar mais facilmente o Seu auxilio, porém, é bom acompanhar estas orações com a promessa de uma oferta para o culto do Santo. É bom também ter uma pia lembrança pelas Almas do Purgatório e receber os Santos Sacramentos em espírito de penitência e propiciação. Com a mesma solicitude com que enxugamos as lágrimas do pobre que precisa de ajuda, podemos esperar que São José enxugará as nossas lágrimas. Será assim que o Manto de seu Patrocínio estender-se-á piedosamente sobre nós e nos será de válida defesa contra todos os perigos, para que possamos chegar todos, com a graça do Senhor, ao porto da eterna salvação. São José nos sorria propício e nos abençoe sempre.

São José, conforto dos aflitos, rogai por nós!

INÍCIO

SAGRADO MANTO DE SÃO JOSÉ

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

– Jesus, Maria e José, eu Vos dou o meu coração e a minha alma.

– São José nos sorria propício e nos abençoe sempre.

– São José, conforto dos aflitos, rogai por nós!

(Rezar 3 glórias)

Oferta do Manto

I. Eis-me, ó grande Patriarca, prostrado devotamente diante de vós. Apresento-vos este manto precioso e ao mesmo tempo vos ofereço o propósito da minha devoção fiel e sincera. Tudo o que poderei fazer em vossa honra durante a minha vida tenciono cumpri-lo para vos mostrar o amor que vos tenho. Ajudai-me, São José. Assisti-me agora e durante toda a minha vida, mas especialmente assisti-me na hora da minha morte, como vós fostes assistido por Jesus e por Maria, para que vos possa um dia honrar na Pátria celeste por toda a eternidade. Amém!

(Rezar 3 glórias)

II. Ó glorioso Patriarca São José, prostrado diante de vós, apresento-vos com devoção as minhas homenagens e começo por vos oferecer esta preciosa coleta de orações em memória das inumeráveis virtudes que tornaram vossa santa pessoa.

Em vós teve cumprimento o sonho misterioso do antigo José, cuja figura antecipou a vossa: não só, de fato, o Sol divino, vos cingiu com seus luminosíssimos raios, mas também a mística Lua, Maria, vos aclarou com a sua doce luz. Ó glorioso Patriarca, se o exemplo de Jacó, que se regozijou pessoalmente com seu filho predileto, exaltado sobre o trono do Egito, serviu para arrastar também os outros filhos à salvação, não me valerá o exemplo de Jesus e de Maria, que vos honraram com toda a sua estima e com toda a sua confiança, para trazer a mim também, a tecer em vossa honra este manto precioso? Ó grande Santo, fazei que o Senhor volva para mim um olhar benévolo. E como o antigo José não expulsou os irmãos culpados, mas pelo contrário, os acolheu cheio de amor, os protegeu e os salvou da fome e da morte, assim vós, ó glorioso Patriarca, mediante a vossa intercessão, fazei com que o Senhor nunca venha a abandonar-me neste vale de degredo. Alcançai-me, além disso, a graça de me conservar sempre entre os vossos servos devotos, que vivem serenos sob o manto da vossa proteção. Esta proteção eu a quero para cada dia da minha vida e no momento do meu último suspiro. Amém!

(Rezar 3 glórias)

III. Salve, ó glorioso São José’, depositário dos tesouros incomparáveis do Céu e pai adotivo d’Aquele que sustenta todas as criaturas.

Depois de Maria Santíssima, sois vós o Santo mais digno de nosso amor e merecedor de nossa veneração. Entre todos os santos, só vós tivestes a honra de criar, guiar, sustentar e abraçar o Messias, que tantos Profetas e Reis desejaram ver. São José, salvai a minha alma e alcançai da misericórdia divina a graça que humildemente imploro.

E também para as almas benditas do Purgatório, alcançai um grande alivio para os seus sofrimentos.

(Rezar 3 glórias)

IV. Ó poderoso São José, que fostes declarado padroeiro universal da Igreja, eu vos invoco, entre todos os santos, como fortíssimo protetor dos miseráveis e bendigo mil vezes o vosso coração, sempre pronto para socorrer toda espécie de necessidade.

A vós, querido São José, recorrem a viúva, o órfão, o abandonado, o aflito, toda espécie de desventurados; não há dor, angústia ou desgraça que vós não tenhais piedosamente socorrido. Dignai-vos, portanto, de usar em meu favor os meios que Deus pôs em vossas mãos para que eu possa conseguir a graça que vos peço. E vós, almas santas do Purgatório, suplicai por mim a São José.

(Rezar 3 glórias)

V. A tantas milhares de pessoas que vos suplicaram antes de mim, vós destes conforto, paz, graças e favores. A minha alma, triste e amargurada, não encontra repouso no meio das angústias que a oprimem.

Vós, querido Santo, conheceis todas as minhas necessidades, ainda antes que eu as exponha em oração.

Vós sabeis quanto preciso da graça que vos peço. Eu me prostro na vossa presença, gemendo, querido São José, sob o grande peso que me oprime. Não há nenhum coração ao qual eu possa confiar meus sofrimentos, e mesmo que eu encontrasse compaixão de alguma alma caridosa ela todavia não me poderia valer.

Portanto, recorro a vós e espero que não me recuseis o que vos peço, porque Santa Teresa disse e deixou escrito em suas memórias: “Qualquer graça que pedirdes a São José, será certamente concedida.”

Ó São José, consolador dos aflitos, tende piedade da minha dor e tende piedade das almas santas do purgatório, que tanto esperam das nossas orações.

(Rezar 3 glórias)

VI. Ó excelso Santo, pela vossa perfeitíssima obediência a Deus, tende piedade de mim.

– Pela vossa santa vida, cheia de merecimentos, atendei-me.

– Pelo vosso queridíssimo nome, ajudai-me.

– Pelo vosso clementíssimo Coração, socorrei-me.

– Pelas vossas santas lágrimas, confortai-me.

– Pelas vossas sete dores, tende compaixão de mim.

– Pelas vossas sete alegrias, consolai o meu coração.

– De todo o mal da alma e do corpo, libertai-me.

– De todo perigo e desgraça, livrai-me.

– Socorrei-me com a vossa santa proteção e pedi por mim na vossa misericórdia e poder, o que me é necessário e, de modo especial, a graça do que mais preciso.

– Para as almas queridas do Purgatório, alcançai a pronta libertação dos seus sofrimentos.

(Rezar 3 glórias)

VII. Ó glorioso São José, são inúmeros os favores, as graças que vós alcançais para os pobres e aflitos. Pessoas doentes de qualquer espécie, oprimidas, caluniadas, traídas, sem qualquer conforto humano, miseráveis necessitados de pão e de apoio, imploram a vossa proteção e os seus pedidos são escutados.

Não permitais ó São José mui querido, que eu seja, entre tantas pessoas beneficiadas a única a ficar sem a graça que vos peço. Mostrai-vos, também para comigo, poderoso e generoso, e eu, agradecendo-vos, exclamarei: “Viva para toda a eternidade, o glorioso Patriarca São José, o grande protetor e especial libertador das almas santas do Purgatório.”

(Rezar 3 glórias)

VIII. Ó Eterno e Divino Pai, pelos méritos de Jesus e de Maria, dignai-vos conceder-me a graça que imploro.

Em nome de Jesus e de Maria, eu me prostro na vossa Divina Presença e peço-vos devotamente que aceiteis a minha firme decisão de perseverar, juntamente com os que vivem sob a proteção de São José.

Abençoai, portanto, o precioso manto que eu hoje dedico a ele em penhor da minha devoção.

(Rezar 3 glórias)

Confecção do Manto

IX. Súplicas a São José por sua vida recatada com Jesus e com Maria

São José, rogai a Jesus que desça na minha alma e a santifique.

São José, rogai a Jesus que desça no meu coração e o inflame de caridade.

São José, rogai a Jesus que desça na minha Inteligência e a ilumine.

São José, rogai a Jesus que desça na minha vontade e a fortifique.

São José, rogai a Jesus que desça nos meus pensamentos e os purifique.

São José, rogai a Jesus que desça nos meus afetos e os regre.

São José, rogai a Jesus que desça nos meus desejos e os dirija.

São José, rogai a Jesus que desça nas minhas obras e as abençoe.

São José, alcançai-me de Jesus o seu santo amor.

São José, alcançai-me de Jesus a imitação das vossas virtudes.

São José, alcançai-me de Jesus a verdadeira humildade de espírito.

São José, alcançai-me de Jesus a mansidão do coração.

São José, alcançai-me de Jesus a paz da alma.

São José, alcançai-me de Jesus o santo temor de Deus.

São José, alcançai-me de Jesus o desejo da perfeição.

São José, alcançai-me de Jesus a doçura de caráter.

São José, alcançai-me de Jesus um coração puro e caridoso.

São José, alcançai-me de Jesus o amor ao padecimento.

São José, alcançai-me de Jesus a sabedoria das verdades eternas.

São José, alcançai-me de Jesus a perseverança em fazer o bem.

São José, alcançai-me de Jesus a fortaleza para suportar as cruzes.

São José, alcançai-me de Jesus o desprendimento dos bens terrenos.

São José, alcançai-me de Jesus que eu ande pelo caminho estreito do céu.

São José, alcançai-me de Jesus que eu fique livre de toda a ocasião de pecar.

São José, alcançai-me de Jesus um santo desejo do paraíso.

São José, alcançai-me de Jesus a perseverança final.

São José, fazei que o meu coração nunca cesse de vos amar e a minha língua de vos louvar.

São José, pelo amor que tiveste a Jesus, ajudai-me a amá-lo.

São José, dignai-vos a acolher-me como vosso devoto.

São José, eu me entrego a vós: aceitai-me e socorrei-me.

São José, não me abandonai na hora da morte.

Jesus, Maria e José, eu vos dou o meu coração e a minha alma.

(Rezar 3 glórias)

 Invocações a São José

X. Lembrai-vos, ó castíssimo esposo da Virgem Maria, meu querido protetor São José. Que nunca se ouviu dizer que alguém, tendo invocado a vossa proteção e pedido a vossa ajuda, não fosse por vós consolado. Com esta confiança eu venho a vós e encarecidamente me recomendo. Ó São José, escutai a minha prece, acolhei-a piedosamente e atendei-a. Amém!

(Rezar 3 glórias)

XI. Glorioso São José, esposo de Maria e pai virginal de Jesus, pensai em mim, velai por mim. Ensinai-me a trabalhar pela minha santificação e tomai sob o vosso piedoso cuidado as necessidades urgentes que hoje confio à vossa solicitude paternal.

Afastai os obstáculos e as dificuldades e fazei que o feliz êxito do que vos peço seja para a maior glória do Senhor e para o maior bem de minha alma. Em sinal da minha mais viva gratidão, prometo-vos tornar conhecidas as vossas glórias enquanto de todo coração louvo o Senhor que vos quis tão poderoso no céu e na terra. Amém!

(Rezar 3 glórias)

XII. Ladainha de São José

Senhor, tende piedade de nós.

Cristo, tende piedade de nós.

Senhor, tende piedade de nós.

Jesus Cristo, ouvi-nos.

Jesus Cristo, atendei-nos.

Deus Pai do Céu, tende piedade de nós.

Deus Filho Redentor do mundo, tende piedade de nós.

Deus Espírito Santo, tende piedade de nós.

Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós.

Santa Maria, rogai por nós.

São José, rogai por nós.

Nobre descendência de Davi, rogai por nós.

Luz dos Patriarcas, rogai por nós.

Esposo da Mãe de Deus, rogai por nós.

Guarda puríssimo da Virgem, rogai por nós.

Vós que criastes o Filho de Deus, rogai por nós.

Zeloso defensor de Cristo, rogai por nós.

Chefe da Sagrada Família, rogai por nós.

Ó José, justíssimo, rogai por nós.

Ó José, castíssimo, rogai por nós.

Ó José, prudentíssimo, rogai por nós.

Ó José, fortíssimo, rogai por nós.

Ó José, obedientíssimo, rogai por nós.

Ó José, fidelíssimo, rogai por nós.

Espelho de paciência, rogai por nós.

Amante da pobreza, rogai por nós.

Modelo dos operários, rogai por nós.

Honra da vida doméstica, rogai por nós.

Guarda das virgens, rogai por nós.

Amparo das famílias, rogai por nós.

Conforto dos que sofrem, rogai por nós.

Esperança dos enfermos, rogai por nós.

Padroeiro dos moribundos, rogai por nós.

Terror dos demônios, rogai por nós.

Protetor da Santa Igreja, rogai por nós.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, perdoai-nos Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, ouvi-nos Senhor.

Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós.

– O Senhor o fez dono da sua casa.

E administrador de todos os seus bens.

Oremos: Ó Deus que por inefável providência vos dignastes escolher o bem-aventurado São José para esposo de vossa Mãe Santíssima, concedei-nos, vos pedimos, que venerando-o na terra como protetor, mereçamos tê-lo no céu como intercessor. Vós que viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Amém!

(Rezar 3 glórias)

XIII. Ó, Glorioso São José, esposo de Maria, concedei-nos vossa proteção paterna: nós vos suplicamos pelo coração de Jesus Cristo, cujo poder se estende a todas as necessidades, sabendo tornar possíveis as coisas impossíveis. Volvei vossos olhos de Pai sobre os interesses de vossos filhos. Na dificuldade e tristeza que nos afligem, recorremos a vós com toda confiança. Dignai-vos tomar sob vosso poderoso amparo este negócio importante e difícil, causa de nossas preocupações… Fazei que o seu êxito sirva para a glória de Deus e o bem de seus dedicados servos. Amém!

XIV. A vós recorremos, ó bem-aventurado São José, em nossas tribulações e depois de ter implorado o auxilio de vossa Santíssima Esposa, cheios de confiança, solicitamos também a vossa proteção. Por esse laço sagrado de caridade que vos uniu à Virgem Imaculada, Mãe de Deus e pelo amor paternal que tivestes para com o Menino Jesus, ardentemente suplicamos que lanceis um olhar benigno sobre a herança que Jesus Cristo conquistou com o seu sangue e nos assistais em nossas necessidades com o vosso auxilio e poder.

Protegei, ó guarda providentíssimo da Sagrada Família, a raça eleita de Jesus Cristo. Afastai para longe de nós, ó Pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assisti-nos do alto do céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo, na luta contra o poder das trevas e assim como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino Jesus, assim também defendei agora a Santa Igreja de Deus das ciladas dos seus inimigos e de toda a adversidade. Amparai a cada um de nós com o vosso constante patrocínio, a fim de que, a vosso exemplo e sustentados com o vosso auxílio possamos viver virtuosamente, morrer piedosamente e obter no céu a eterna bem-aventurança. Amém!

Fecho do Sagrado Manto

XV. Ó glorioso Patriarca São José, que Deus pôs como chefe e guarda da mais santa dentre as famílias, dignai-vos ser do céu o guarda da minha alma que pede para ser aceita sob o manto da vossa proteção.

Desde agora, eu vos escolho como pai, protetor, guia e entrego à vossa guarda especial a minha alma, o meu corpo, tudo o que possuo e sou a minha vida e a minha morte.

Olhai para mim como vosso filho, defendei-me de todos os meus inimigos visíveis e invisíveis; assisti-me em todas as necessidades, consolai-me em toas as amarguras da vida, mas especialmente na agonia da morte. Dirigi por mim uma palavra àquele redentor amável que quando criança tivestes em vossos braços, e aquela Virgem gloriosa de quem fostes diletíssimo esposo.

Pedi por mim às bênçãos que julgais proveitosas para o meu verdadeiro bem, para minha salvação eterna e eu procurarei não me tornar indigno de vossa especial proteção.

Ó São José, defendei a Santa Igreja de toda adversidade e estendei sempre sobre cada um de nós o manto da vossa poderosa intercessão. Amém!

Deixe uma resposta