Pregação do Frei Josué sobre a Divina Misericórdia

No 19º Canta Jardim, Frei Josué pregou sobre o capítulo 15 do evangelho de São Lucas, que fala das três parábolas da misericórdia. Ele destacou que temos que ser como os publicanos que tiveram a atitude de aproximar-se de Jesus e admitir seus erros, e não como os fariseus, pecadores orgulhosos, que justificavam seus pecados, culpando os outros, desagradando Nosso Senhor. Todos sofremos injustiças e Jesus é a maior prova disso. Por isso temos que pensar: “Eu quero me aproximar de Jesus para pedir perdão e não para acusar alguém”.

Ao relatar que tem recebido muitos testemunhos de graças incríveis alcançadas pelo perdão, Frei Josué pediu que não nos deixemos enganar por satanás, nem deixemos cristalizar a mágoa no nosso coração para que se torne veneno, fazendo com que desejemos o mal aos outros. ­­

Ele salientou que Deus nos deixou o sacramento da reconciliação para nos despojarmos e rasgarmos nosso coração, contando nossos pecados sem nos justificarmos. Somos perdoados através do sacerdote que ali está, como a pessoa de Cristo, fazendo com que saiamos dali com o coração puro, aberto à graça de Deus. Aí está a beleza do amor do Pai porque Ele nos ama, mesmo quando não merecemos.

Frei Josué ressaltou que o Canta Jardim é o lugar que Deus marcou para nos buscar, da mesma forma como Ele foi atrás da ovelha perdida. E o mais maravilhoso é que, quando Ele encontra a ovelha perdida, que sou eu e é você, Ele não dá lição de moral. Ele tira daquela ovelha os espinhos, a coloca no ombro, e a leva pra casa. É um amor que constrange. Por isso devemos decidir não mais pecar, porque já ferimos demasiadamente o coração de Jesus. Ninguém nos ama mais do que Ele. “Volte, ainda dá tempo. Confesse e recomece”.

Para concluir, o Frei Josué falou da segunda parábola do capítulo 15, sobre uma mulher que acende a lâmpada e varre a cm asa até encontrar uma moeda. Então, fez uma comparação dizendo que essa moeda sou eu e você, que podemos não ter tanto valor para o mundo, e que aquela mulher é Nossa Senhora, para a qual somos valiosos, pois ela viu aos pés da cruz o quanto seu Divino Filho pagou caro por nós. Nossa Senhora sabe como essa moeda é valiosa e que ela pertence a Jesus. Portanto, estando com Nossa Senhora ela só nos leva a Jesus. Quem está com Nossa Senhora não se perde nunca! Nossa Senhora não perde se quer um dos seus filhos!

Deixe uma resposta