Frei Josué Pereira de Sousa nasceu em 06 de dezembro de 1967, dia de São Nicolau, no interior da Paraíba, no sítio Lagoa dos Carneiros, município de Lagoa. É o 13º filho de Livaldina Pereira de Souza (carinhosamente conhecida como Dona Li) e seu Isaac Pereira de Souza.

Sua mãe narra emocionada que no dia 22 de dezembro do mesmo ano, alguns frades foram em missão à sua região, e nessa ocasião Frei Josué foi batizado pelas mãos do Frei Bruno, na Igreja de São José. Frei Bruno colocou as mãos sobre a cabeça do bebê Josué e profetizou que ele seria um grande servo de Deus. Sua mãe o consagrou a São José e o ofereceu a Deus no dia do seu batismo para ser um sacerdote da Igreja Católica, mas apenas revelou esse fato no dia de sua ordenação.

Aquele bebê cresceu e aprendeu a viver em comunidade. Dona Li e Seu Isaac, guerreiros cheios de fé, tiveram a coragem de povoar esse mundo com 16 filhos. Sua família de sangue foi sua primeira escola para aprender a generosidade e a partilha, duas grandes virtudes que lhe são características.

A família do Frei sempre foi católica praticante e o iniciou nesse ardor e na fé, o que contribuiu para que suas escolhas em direção à vontade de Deus começassem muito cedo. Participou de grupo de jovens, logo conheceu a Renovação Carismática e começou a participar do grupo de oração na Igreja das Mercês. O frei ajudou a fundar o grupo de oração no Bairro do Geisel, que posteriormente se tornou a Comunidade Doce mãe de Deus, comunidade que fez e faz parte do seu coração. Nessa mesma comunidade, pregou muitos retiros, cenáculos, celebrou muitas missas e foi um grande incentivador.

Conheceu, em João Pessoa, sua madrinha de oração e grande amiga Ozanite. Ela pertencia ao grupo de oração e divulgava a revista Cavaleiro da Imaculada, que tinha sua sede no Jardim da Imaculada, em Cidade Ocidental, Goás. Foi através dessa revista que o frei conheceu a vocação franciscana conventual, se encantando e desejando ser frade franciscano.

O Jovem Josué chegou à casa da Mãe Imaculada (ou Jardim da Imaculada) aos 21 anos, em 1988. Foi recebido por Dom Agostinho, na época Guardião do Jardim da Imaculada e formador dos postulantes. Fez seus votos solenes como religioso no dia 11 de fevereiro de 1991, professando Obediência, Pobreza e Castidade.

Frei Josué foi ordenado no dia 07 de dezembro de 1996, com o tema sacerdotal: “Eu te constitui profeta para as nações”.  Incansável sacerdote do Altíssimo e missionário por excelência, trabalhou de Goiás a Bahia e percorreu mais de 50 países em evangelização, com o desejo ardente de conversão dos filhos de Deus.

O Frei e a MEL de Deus começaram sua história com as Missas mensais no Centro Comunitário em prol da construção da Catedral Diocesana de Luziânia. As missas foram um belo pretexto divino para trazer esse homem de Deus para caminhar e sonhar os sonhos de Deus com esse povo. Em um determinado momento, Badia, que viria a ser a fundadora da Comunidade Mel de Deus, convidou-o para o retiro anual das Escolas de Evangelização Santo André (EESA). Ele aceitou o convite e nesse retiro afirmou em profecia: “vocês são uma comunidade e já estão atrasados 20 anos”. Naquele instante, ele foi a providência do Espírito Santo para ressuscitar a profecia da fundação de uma comunidade em Luziânia, Goiás, e a força para impulsionar a fundação da Comunidade. A partir de então, foi selada uma aliança entre o Frei Josué e a Comunidade Mel de Deus. Com isso, se tornou Cofundador da Comunidade Mel de Deus e seu Diretor Espiritual.

COMUNIDADE
MEL DE DEUS

VOCACIONAL

NOSSA HISTÓRIA

AGENDA

CONTATO

GALERIA DE FOTOS

VÍDEOS